CINGAPURA E PERU: UMA ANÁLISE PREVIDENCIÁRIA