Política Editorial

Área de Interesse da Publicação

Artigos cujo conteúdo estabeleçam ou acompanhem, de maneira analítica e reflexiva os principais temas contemporâneos de ações que promovam o encontro entre o universo conceitual em evolução e as demandas práticas da previdência nas áreas de atuárias, contabilidade, e direito previdenciário. Busca-se situar a revista na linha de vanguarda dos debates nacionais, regionais e internacionais.

 

Público da Revista

Pesquisadores, professores, gestores e atores sociais e políticos comprometidos com a efetividade e equidade das ações da previdência. 

 

Avaliação pelos pares

Os trabalhos submetidos à apreciação da Revista Brasileira de Previdência devem ser inéditos (nacional e internacionalmente), não estando sob consideração para publicação em qualquer outro veículo de divulgação.

A revista segue as diretrizes da Comissão de Integridade de Pesquisa do CNPq (07/10/2011).

Todos os artigos submetidos são lidos pelo Editor Científica e pelo Editores Adjunto, que examinam a adequação do trabalho à linha editorial da revista e poderão rejeitar artigos – sem a necessidade de apresentar pareceres – que não estejam próximos da fronteira teórico-empírica das temáticas públicas ou que não respeitam os princípios e diretrizes básicos de comunicação acadêmica responsável.

Em seguida, dois avaliadores analisam o artigo em processo duplo-cego (blind review), fazem comentários e sugerem melhorias como contribuição. Esta etapa poderá envolver reavaliações contínuas, no intuito de reunir esforços para o aprimoramento dos trabalhos.

Caso não haja consenso, o artigo será enviado para um terceiro avaliador. Depois de aprovado pelo corpo científico da revista, o artigo é submetido à edição, verificação bibliográfica e de normas da ABNT e à revisão ortográfica e gramatical.

 

Normas e orientações editoriais

– Normas para a publicação

– A Revista Brasileira de Previdência contempla artigos em português, espanhol, italiano e inglês. No que tange à língua inglesa, esta é notoriamente conhecida nos meios científicos como língua franca, e, portanto, revela a sua importância neste sentido editorial. Na página de início desta revista se encontra a sua política editorial.

– A Revista Brasileira de Previdência será publicada e distribuída em suporte digital. Vinculada ao domínio “unifesp.br” onde os conteúdos de todas as edições bem como as informações referentes ao Conselho Editorial serão disponibilizados no site do periódico.

– A Revista Brasileira de Previdência apresenta periodicidade anual, com versão digital de acesso livre. A submissão de trabalhos ocorre em fluxo contínuo e a apreciação segue o sistema de peer review.

– O Conselho Editorial e Editores da Revista Brasileira de Previdência não se responsabilizam pelos dados e opiniões expressos nos artigos e textos publicados, sendo estes de inteira responsabilidade dos autores.

– Envio de textos para submissão: arthurbvw@gmail.com

 

– A publicação semestral

1º Semestre: Lançamento em Junho com chamada de trabalhos desde Janeiro.

2º Semestre: Lançamento em Dezembro com chamada de trabalhos desde Julho.

– A Revista Brasileira de Previdência publicará artigos segundo as normas:

I) Dos artigos

  1. Apenas serão publicados artigos inéditos.
  2. Cada artigo será avaliado por membros do Conselho Editorial que tenham expertise no contexto previdenciário abordado no texto apresentado. Julgando o artigo como adequado, o Conselho irá encaminhá-lo para no mínimo dois parceristas anônimos.
  3. O artigo deverá ser enviado conforme os critérios abaixo e as normas da ABNT.
  4. Serão aceitos artigos de professores, especialistas, graduandos, graduados, pós-graduandos e pós-graduados.
  5. O tamanho dos artigos será de 10 a 40 páginas, incluindo bibliografia.
  6. Os artigos não serão revisados, cabendo aos autores a conformidade com as regras ortográficas vigentes.
  7. Os artigos serão encaminhados aos consultores sem identificação. Os autores serão notificados da aceitação ou recusa de seus artigos.
  8. Quando forem indicadas modificações substanciais para artigo com relevante potencial, o autor será notificado e poderá realizá-las, devolvendo o trabalho reformulado dentro do prazo estabelecido pelo Conselho Editorial.
  9. A decisão final acerca da publicação ou não do trabalho será sempre do Conselho Editorial.

II)  Da forma

Serão aceitos artigos inéditos em português, espanhol, italiano e inglês, em fonte Times New Roman, tamanho 12, espaçamento 2 e títulos em maiúsculas e em negrito, e subtítulos em negrito;

  1. Cada artigo deverá contar com nome do(s) autore(s) logo abaixo do título, indicando a vinculação acadêmica e titulação;
  2. Todos os artigos devem conter um resumo de até 200 palavras (espaçamento simples; palavras-chave – de três a cinco) no idioma do artigo e seu correspondente em inglês (Abstract e key words).
  3. Notas de rodapé deverão ser utilizadas com parcimônia, evitando utilizá-las para indicação de dados bibliográficos, que deverão estar no corpo do texto.

III) Das citações no corpo do texto (ABNT / NBR 10520):

  1. Todos os nomes de autores cujos trabalhos forem citados devem ser seguidos da data de publicação na primeira vez em que aparecerem. Evite citações indiretas quando o original pode ser recuperado com facilidade. Neste último caso, deve-se citar nas Referências Bibliográficas apenas a obra consultada e, no corpo do texto, indicar autores e datas dos dois artigos.
  2.  Quando o autor ou a instituição responsável estiver incluído na sentença, indica-se o autor em caixa baixa, exceto a primeira letra, e a data e a página entre parênteses.
  3. Quando o autor estiver entre parênteses, deve vir em maiúsculas, seguido por ano e página.
  4. As transcrições no texto de até três linhas devem estar encerradas entre aspas duplas. As aspas simples são utilizadas para indicar citação no interior da citação.
  5. Na primeira citação de um artigo deve-se mencionar o nome de todos os autores e a respectiva data.
  6. Nas subsequentes citações do mesmo artigo devem-se mencionar o primeiro autor, seguido da expressão “et al.”.

IV) Referências bibliográficas

  1. Não há necessidade de iniciar uma nova página para a seção de Referências bibliográficas.
  2. As Referências bibliográficas devem ser colocadas em ordem alfabética e, em ordem crescente de data, para referenciar dois ou mais artigos de um mesmo autor.
  3. Exemplos:

WEINTRAUB, A.B.V., Private pension law in Brasil and private pension system in South America, São Paulo: Quartier Latin, 2007.